skip to Main Content
Colaboradores trabalhando e representando motivação e engajamento no trabalho

Motivação e engajamento no trabalho: como ter times cheios de energia?

A motivação e o engajamento no trabalho são indicadores do sucesso alcançado pela organização, apontando o quanto a empresa é um lugar saudável e prazeroso de se trabalhar para os colaboradores. Ambos os pontos impactam diretamente na atração e retenção de pessoas, visto que quem está descontente certamente buscará novas oportunidades.

Vale lembrar que engajamento não é sinônimo de felicidade no ambiente de trabalho, mas da conexão entre o profissional e a empresa. Colaboradores satisfeitos entendem seu papel dentro do processo organizacional, valorizam o que fazem e se dedicam para contribuir todos os dias.

O engajamento está diretamente ligado à motivação profissional e, justamente por isso, não é uma característica que pode ser simplesmente comprada, como muitos empresários e empreendedores ainda acreditam ser possível nos dias de hoje.

Para aumentar o engajamento, é importante permitir que o colaborador seja verdadeiramente ouvido em sua essência, podendo este adequar sua função às suas competências, às suas habilidades, às suas forças e até mesmo ao seu gosto pessoal, para que assim alcance resultados extraordinários para a sua própria carreira e também para a empresa como um todo.

Hoje veremos dicas para melhorar o engajamento no trabalho. Mas antes, vamos para algumas definições!

O que é engajamento no trabalho?

O engajamento do funcionário corresponde ao seu nível de envolvimento e apego emocional aos interesses e às necessidades da organização onde atua. Representa quanto ele está conectado aos deveres de trabalho, à sua posição na empresa, aos seus colegas e à cultura organizacional.

O engajamento, para a gestão de pessoas, é o laço do profissional com o trabalho que ele realiza e com a organização. Essa ligação não é a estabelecida pelo contrato. Estamos falando de um vínculo psicológico, afetivo e emocional com o emprego.

Cinco mãos unidas, simbolizando união e trabalho em equipe.
Um time engajado é emocionalmente comprometido com a empresa, pois entende a importância por trás do cumprimento de suas demandas.

Esse laço acaba desenvolvendo uma postura mais cooperativa, empenhada, otimista, disposta e de autodesenvolvimento. Além disso, o profissional engajado pode ser mais produtivo e eficiente, ao realizar suas tarefas com mais qualidade.

Os profissionais de RH podem (e devem) usar táticas de engajamento para aumentar o bem-estar e a produtividade em todos os níveis da empresa.

Por meio de várias medidas, iniciativas e abordagens, o engajamento dos funcionários incentiva todos os membros de uma empresa a dar o melhor de si, dia após dia.

O engajamento também ajuda a garantir que cada funcionário está totalmente comprometido com a missão, com os objetivos e com os valores da empresa, e que permaneça encorajado e inspirado a contribuir para o sucesso geral do negócio.

Homem e mulher conversando e rindo enquanto trabalham.
Para além da produtividade, o engajamento cria um ambiente descontraído, no qual as pessoas sentem prazer em perterncer.

Não só os fatores da empresa são importantes no engajamento, mas também elementos pessoais. Proatividade, comprometimento, otimismo e autoestima são alguns traços fundamentais para que essa ligação ocorra.

Diferença entre motivação e engajamento no trabalho

Alguém que está motivado é alguém que tem um bom motivo para fazer algo. Um time que trabalha dessa forma produz com mais afinco e gera resultados melhores que equipes desmotivadas. Isso porque estão correndo atrás de um motivo comum e, para isso, desenvolvem foco e determinação. Essas pessoas estão com ânimo para superar os desafios que surgirem, cativar seus clientes e atingir os resultados mais rapidamente.

Essa motivação também pode ser chamada de motivação externa. Ele é gerada normalmente quando há incentivos além do salário, como: uma viagem, uma comissão, uma bonificação no final do ano ou o reconhecimento formal (como uma premiação). Em outras palavras, motivação externa é uma recompensa que vem ao final do esforço.

Contudo, o perigo de se trabalhar apenas a motivação externa é que, quando acabam os motivos, acaba a produtividade.

Uma equipe motivada porém desengajada é passiva em relação ao trabalho, fica sempre à espera de um incentivo que valha o esforço e depende da iniciativa do líder para se movimentar. Se você parar de incentivá-los e apenas motivá-los, o time para de entregar resultados.

Colegas de trabalho demonstrando animação e reforçando sua parceria.
Motivação é importante, mas não surte efeito nos resultados se não vier acompanhada de engajamento e trabalho em equipe.

Por isso a importância de se trabalhar a motivação interna, também conhecida como engajamento. Pessoas engajadas agem proativamente e se automotivam porque acreditam no trabalho que desempenham.

Como aplicar o engajamento na prática?

Aplicar o engajamento na prática não é fazer uma ou duas ações pontuais que busquem fortalecer o vínculo do profissional com a empresa. É preciso um trabalho diário e constante de tornar a corporação um local que seja benéfico, saudável e que inspire o profissional.

O engajamento pode ser aplicado nas tarefas, na relação entre os colaboradores, em reuniões ou com os clientes. Com o tempo, ele pode se tornar uma postura constante e passar a ser parte da cultura da organização, desde que os gestores e a equipe se empenhem para isso.

Iniciativas de engajamento precisam ser únicas, adaptadas às necessidades e motivações de cada indivíduo. Leia, a seguir, cinco maneiras eficazes de impulsionar o engajamento de seu funcionário:

Liderança inspiradora

Líderes competentes, apaixonados e proativos são essenciais para o engajamento do colaborador. Demonstrar interesse e investir tempo para compreender as necessidades e as ambições de seu funcionário surtirá o sentimento de que sua contribuição é valiosa para a empresa.

Mulheres conversando de camisa, no trabalho.
Contar com líderes que inspirem os colaboradores a continuar evoluindo é uma excelente forma de mantê-los engajados.

Converse com ele regularmente para entender como sua experiência no local de  trabalho pode ser melhorada. Descubra o que os motiva e como eles definem sucesso, para que você possa criar um ambiente gratificante em que eles possam prosperar.

Crescimento e oportunidades

Colaboradores engajados são estimulados a utilizar adequadamente suas habilidades, a fim de progredir profissionalmente. Converse com seu funcionário sobre seu plano de carreira. A empresa explora todo seu potencial? Existem novos projetos no qual ele possa trabalhar e desenvolver suas competências?

Discuta sobre as oportunidades de treinamento e desenvolvimento que possam ajudá-lo a progredir dentro da empresa e forneça feedbacks claros e consistentes sobre como ele pode melhorar seu desempenho.

Propósito no trabalho

Funcionários engajados acreditam que o trabalho que desenvolvem é importante e tem valor para a empresa. Eles possuem fé que estão contribuindo para algo significativo e se orgulham de seus esforços.

Como gerente, é crucial reforçar frequentemente a importância das funções de seus funcionários, ajudando-os a identificar uma relação direta entre suas atividades e o sucesso da empresa . Estabeleça metas e desafie seus funcionários para que eles adquiram um senso de propósito. Conceda autonomia e os envolva em importantes decisões para que se sintam significativos para a companhia.

Reconhecimento e Recompensas

Para manter um funcionário motivado a dar seu melhor pela empresa, é importante que ele saiba que seus esforços serão reconhecidos e recompensados. Elogie-o regularmente e ofereça incentivos para que aprimore ainda mais sua performance. Reserve um tempo para celebrar conquistas de forma que sejam significativas para ele.

Bons benefícios (como a opção de benefícios flexíveis) e remunerações compatíveis ao mercado são fatores chave de motivação; assim, fornecer mais incentivos para maior desempenho gera no funcionário uma motivação extra para seu esforço.

Cultura voltada para pessoas

Empresas que colhem os benefícios de um time engajado entendem que os funcionários são seu maior patrimônio. Compreenda as responsabilidades de seu pessoal e considere iniciativas que os permitam equilibrar a vida pessoal com a profissional, incentive-os a balancear trabalho duro com diversão e promova o intercâmbio de ideias, sugestões e melhorias. Um ambiente de trabalho no qual as pessoas se sintam valorizadas e escutadas é crucial para o engajamento dos colaboradores.

Existem inúmeras ações que auxiliam a manter os colaboradores engajados e motivos no que deve ser feito. Dentre elas, como citado, estão os benefícios flexíveis, que valorizam a individualidade de cada pessoa. Para fazer isso, você pode utilizar o DUCZ! Clique na imagem abaixo e nos conheça!

Clique para acessar a página do Ducz.

Compartilhe:

Camila Guedes é redatora no DB1 Group. Acredita que a habilidade de contar histórias é um trunfo para tudo na vida.

Este artigo tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top