skip to Main Content

Quais são as vantagens do home office?

Como forma de adaptação à pandemia, muitas empresas passaram a adotar a modalidade de trabalho remoto ou home office. Prossiga com a leitura e saiba mais sobre essa tendência de mercado que tem se fortalecido nos últimos anos.

O que é home office? 

Traduzindo ao pé da letra, do inglês para o português, home office significa escritório em casa. Ou seja, refere-se ao regime de trabalho adotado por profissionais que atuam à distância, em suas próprias moradias (ou em outros espaços além da empresa). 

Esse modelo ganhou mais força a partir de 2020, considerando o contexto pandêmico e todas as restrições de distanciamento e isolamento determinadas pela OMS (Organização Mundial da Saúde). 

Vantagens do home office 

O home office pode ser vantajoso tanto para as organizações quanto para seus colaboradores. Confira, a seguir, alguns dos seus principais benefícios.

Laptop e escrivaninha, ambiente ideal para quem trabalha em home office.
Diante das vantagens oferecidas, o home office está em plena expansão, no Brasil e no mundo.

Conforto 

Trabalhar de casa garante mais horas de sono, considerando que não é necessário acordar tão cedo para enfrentar o trânsito, por exemplo. 

Além disso, o fato de estar em sua residência pode deixar o colaborador mais à vontade e relaxado para cumprir com suas demandas. 

Economia 

Dentre as vantagens do home office para a empresa, podemos citar a redução de gastos referentes à manutenção do prédio (água e luz, por exemplo). 

Essa redução também está inclusa nos benefícios do home office para o funcionário, tendo em vista a economia com relação ao deslocamento e à alimentação. 

Otimização do tempo 

Sem tempo perdido no trânsito ou em atrasos, a rotina de trabalho se torna mais estável, com a redução da ocorrência de imprevistos que poderiam prejudicar o andamento das tarefas ou o início de reuniões e eventos importantes, por exemplo. 

Flexibilidade 

A depender da função, é possível que o colaborador redefina seus horários, em conjunto com o setor de RH e respeitando às normas da jornada de trabalho, fazendo uso de escalas mais flexíveis, com pausas programadas. Esse movimento deve ser feito com o intuito de aproveitar seus picos de produtividade. 

Independência e autonomia 

Assim como no modelo presencial, há uma delegação de tarefas e responsabilidades. Cabe a cada trabalhador fazer uso de sua autonomia para gerenciar o tempo e concluí-las com sucesso, se comprometendo a cumprir suas responsabilidades.

Mulher utilizando computador, em home office.
No home office, o(a) colaborador(a) deve dar sempre o seu melhor, sem depender de ordens ou da supervisão do(a) gestor(a) para entregar algo.

Maior qualidade de vida 

O home office possibilita o equilíbrio entre vida pessoal e profissional, aumentando a qualidade de vida e a motivação dos funcionários. Tudo isso se manifesta no crescimento de seu bem-estar, do nível de satisfação com a empresa e, consequentemente, da produtividade. 

Sem limites geográficos 

Muitas empresas que contratam para trabalhar home office geralmente estão vivendo um processo de expansão. Por isso, tendem a ultrapassar fronteiras geográficas e contratar, através do recrutamento online e de vagas exclusivas, profissionais de qualquer lugar do país, ou até mesmo de fora dele. 

Os chamados nômades digitais, por exemplo, são pessoas que viajam constantemente e que trabalham graças ao acesso à tecnologia e à Internet. Por estarem em constante movimento e oferecem seus serviços online, o home office é a opção mais adequada para eles. 

Como implantar home office na sua empresa 

Todas as empresas que trabalham com atividades executadas remotamente podem aderir ao home office. No entanto, é preciso ter uma atenção especial com relação aos pontos a seguir: 

Estude seu nicho 

Observe a maneira como organizações do seu segmento (inclusive concorrentes) têm se comportado. Elas investiram no home office? Todos os funcionários atuam sob o mesmo modelo? Seu crescimento é notável? Essas são algumas das perguntas que você deve se fazer antes de prosseguir com o plano de ação. 

Fortaleça a comunicação interna 

Investir em um sistema de comunicação e na cultura de feedback é fundamental para repassar informações sobre os clientes e o andamento das tarefas, facilitando o diálogo entre profissionais de diferentes setores. Essa troca de mensagens deve ser naturalizada e colocada em prática com frequência, para que nenhum colaborador(a) se sinta intimidado(a) na hora de realizar contatos. Dessa forma, evita-se a ocorrência de ruídos e o time fica mais integrado e colaborativo. 

Estabeleça regras 

Ao formalizar o novo modelo de trabalho, determine legalmente como o home office será estabelecido, com diretrizes e normas voltadas tanto para a empresa quanto para os colaboradores, relacionadas às atividades realizadas e às condições para seu cumprimento. 

Defina, por exemplo, se os equipamentos serão cedidos pela corporação ou se as despesas arcadas pelos trabalhadores serão reembolsadas (compensando além do seu salário). Quando os direitos e deveres são expressados de forma direta e transparente, todos saem ganhando. 

Faça testes 

Mudar abruptamente de uma modalidade de trabalho para outra não é simples. Por isso, converse com sua equipe e faça testes antes de tomar qualquer decisão. 

Analise o perfil comportamental dos colaboradores e selecione alguns para o home office. Acompanhe seu rendimento e a entrega de resultados, observando se seu nível de produtividade subiu ou caiu. Somente com base nesses dados, é possível escolher, de forma mais estratégica, entre envolver o restante da empresa nessa implementação ou não.

Jovem trabalhando em casa por meio do laptop.
Tenha em mente que, em um primeiro momento, os colaboradores vão reagir de diferentes formas ao home office, de acordo com seu perfil comportamental.

Benefícios para home office 

Agora que você já sabe todos os benefícios do home office, que tal pensar em que benefícios oferecer para quem está de home office? A vantagem competitiva de um salário emocional pode fazer toda a diferença ao atrair e reter talentos. 

O DUCZ possui a categoria “home office”, que permite operações relacionadas a essa modalidade de trabalho, como a compra de itens de papelaria para o seu escritório, bem como a contratação de um plano de conexão à Internet mais potente. Além disso, a bandeira Mastercard em nosso cartão garante seu funcionamento em mais de 2,5 milhões de estabelecimentos. Não há barreiras para nossos benefícios. 

Gostou deste conteúdo? Coloque nossas dicas em prática e descubra como o DUCZ pode ajudar na motivação e no engajamento dos colaboradores que estão em home office.

Clique e descubra as inúmeras possibilidades que o DUCZ pode lhe oferecer! 

 

Compartilhe:

Apaixonada por Comunicação e suas inúmeras possibilidades. Trabalha com redação criativa, copywriting, storytelling e técnicas de SEO. Enxerga a escrita como uma forma de aprender e de transmitir conhecimento a outras pessoas.

Este artigo tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top